Você quer sair do “eterno” nível intermediário do Inglês?

O nível intermediário é aquele onde o aluno já é capaz de “se virar” em diversas situações. Ou seja, ele consegue estabelecer uma boa comunicação. Se for em um contexto de compras, ele estará apto a perguntar o preço, pedir por mais opções de modelos e cores, negociar descontos e finalizar a compra.

Muitos alunos, mesmo “sobrevivendo” com o inglês que possui, ao falar poucas frases denuncia a não proficiência no idioma, como a pronúncia inadequada ou muito influenciada pela língua materna e um vocabulário por demais limitado e repetitivo. O estudante também pode saber utilizar somente um tipo de estrutura da língua e ter termos gramaticais muito resumidos, gerando um entendimento parcial da mensagem por parte do receptor.

Muitas vezes, o mercado vende o aprendizado do Inglês como se fosse um caminho simples e sem obstáculos. Livre de desafios e comprometimentos além da sala de aula. Algo mais ou menos assim:

nível intermediário de inglês

 

Há um incontável número de alunos que literalmente travam no nível intermediário. Existe inclusive um termo técnico para esse fenômeno. É o “intermediate plateau” ou platô do nível intermediário.  Nesse caso, a aprendizagem do aluno não é algo fantasiosa, mas algo muito mais próximo da realidade de muitos alunos. Algo assim:

nível intermediário de inglês

O aluno intermediário “sobrevive” quando interage. E é aí que reside o problema. Já que ele conta com os recursos de comunicação suficientes para interagir, a tendência é que fique acomodado em um zona de conforto e estabilidade, evitando os voôs mais altos. É o que chamamos de eterno nível intermediário do inglês!

Mais ainda, pode não ter adquirido técnicas de aprendizagem que o tornam mais independentes da sala de aula e de seu professor. Ao ter essas técnicas o aluno otimiza seu tempo de exposição, sua percepção dos detalhes mais apurados da língua e, consequentemente, mais aprendizagem e prática.

Há vários motivos para o aluno aterrissar no nível avançado e marcar o território. Em primeiro lugar, cada vez mais o mercado de trabalho exige conhecimentos avançados ou fluência em inglês, especialmente para as posições mais bem pagas e disputadas. A razão está nas relações de trabalho, que hoje são cada vez mais globalizadas, especialmente quando se almeja um cargo em uma multinacional ou empresas nacionais de grande porte. Em inúmeras companhias que fazem parte de conglomerados internacionais, não é incomum que seu chefe trabalhe e resida em outro país. Portanto, comunicar- se bem em inglês virou uma habilidade essencial.

Quando se almeja uma especialização, seja através de um mestrado, doutorado, PhD ou mesmo um MBA, há uma coletânea de livros e artigos de vanguarda que são publicados em inglês. Ou seja, a língua inglesa é um veículo de propagação do conhecimento mais apurado e recente em nível mundial.

 

Como ter proficiência em inglês

Para acabar com esse problema e começar 2017 evoluindo no aprendizado do inglês, veja algumas orientações:

 

– Para reforçar o vocabulário veja bastantes séries e filmes (audio e legendas em inglês) e tome notas das expressões usadas. Tente identificar e compreender o que nativos ou falantes proficientes da língua usam em determinados contextos (bares, restaurantes, ambiente familiar e profissional, etc) e busque replicá-las sempre que tiver chance (no curso de inglês ou com amigos que falam a língua).

nível intermediário de inglês

 

 

Interaja! Interaja bastante e preste atenção nas expressões utilizadas. Caso não entenda alguma expressão peça por uma explicação. É normal não entender tudo em inglês assim como não entendemos tudo no português do Brasil (nem entro no mérito do português de Portugal!)

nível intermediário de inglês

– Escute músicas em inglês, especialmente aquelas que fazem sucesso e tocam a todo instante. Essa é uma maneira de fixar o vocabulário e expressões. Busque a letra da música na internet e estude as expressões usando dicionários online. Isso vai te ajudar a entender o que está cantando e melhorar a retenção de expressões e vocabulário.

nível intermediário de inglês

– Caso já esteja no mercado de trabalho ou na faculdade, busque livros que sejam de seu interesse e passe a estudar esses materiais em inglês. Hoje há vários sites na internet que vendem livros usados e os enviam para o Brasil por um preço extremamente acessível. Quanto mais livros você ler em inglês, mais você irá se acostumar com as expressões e mais veloz será a sua leitura.

nível intermediário de inglês

– Há ainda a opção de aulas de inglês mais específicas e direcionadas para as suas áreas de interesse sendo essencial  escolher uma instituição ou professor de excelência. Isso pode ser detectado pela abordagem séria e realista por parte do comercial da escola (fuja de escolas que prometem milagres) e pela qualificação dos professores.

nível intermediário de inglês

 

Em um curso regular, para sair do nível intermediário e consolidar o avançado é necessário, em média, de um a dois anos de estudo sério. Ou seja, não há formulas milagrosas.

Portanto, planeje-se. Essa é a melhor época do ano para se organizar, entender quais são as suas possibilidades e como você pode deixar a tão temida zona de conforto do nível intermediário. Faça um plano para 2017 e comece a implantá-lo já. O primeiro passo é o mais importante. Conte conosco!